Por causa da pandemia Covid19, o Governo Federal transferiu milhões de reais para socorrer estados e municípios. No caso de Timon os valores passam de 2 milhões de reais.

Informações do portal da transparência da União e do Ministério da Saúde mostram que para a cidade de Timon foram transferidos R$ 1.346.590,49 no dia 9 de abril de 2020.

No dia 14 de abril, informação obtida no site do Banco do Brasil registra que o Poder Executivo Federal transferiu mais de meio milhão para Timon, ou seja, R$ 521.186,70, parcela de recomposição do FPM.

O Ministério da Saúde informa que parte do dinheiro pode ser gasto também para gratificar e bonificar os profissionais que estão no combate direto ao corona vírus, porém os profissionais da área da saúde de Timon expostos a maior risco não receberam qualquer incentivo, bônus ou gratificação, é o que reclamam os servidores efetivos.

Mesmo em meio à crise pandêmica, o secretário de saúde no mesmo dia que foi exenerado do cargo assinou contrato com uma gráfica no valor de mais de meio milhão de reais. Isso mostra que papel vale mais que a saúde e bem -estar dos servidores da saúde e do povo de Timon.

 

Diretoria SINSEP.